Cuba protesta ante a ONU por redação do relatório sobre direitos humanos

Cuba protestou ante a ONU contra a maneira com que foi redigido o relatório que reúne os pontos de vista das ONGs e que servirá para o exame na próxima semana da situação na ilha pelo Conselho de Direitos Humanos.

AFP |

O documento não reflete o tom elogioso da grande maioria das organizações não-governamentais (ONG), queixou-se a missão de Cuba ante a ONU em Genebra, segundo a assessoria das Nações Unidas.

Um total de 326 ONGs enviaram suas observações sobre Cuba ao Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos.

O órgão da ONU recebeu cerca de 2.000 páginas que fazem apreciações elogiosas para o regime cubano e que insistem nos danos causados pelo embargo americano contra a ilha comunista.

O exame de cada Estado se baseia em três informes diferentes: o primeiro é apresentado pelo próprio país e os outros são elaborados pelo Alto Comissariado, um deles baseado em elementos obtidos nos órgãos pertencentes às Nações Unidas, e o outro é uma compilação de informações das ONGs.

dro/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG