O presidente cubano, Raúl Castro, realizou uma profunda renovação de seu governo, marcada pela nomeação de figuras próximas a ele nas Forças Armadas e no Partido Comunista.

Estes são os ocupantes dos cargos chave de seu governo:

- Número dois:

José Ramón Machado, médico, 77 anos. Dirigente histórico linha-dura dentro do Partido Comunista, Ramón é membro de seu seleto Birô Político, além de primeiro vice-presidente do Conselho de Estado (executivo) e de Ministros (gabinete). Substituto constitucional de Raúl.

- Ministro das Comunicações:

Ramiro Valdés, 76 anos. Um dos três Comandantes da Revolução. Voltou ao Birô Político a pedido de Raúl. É membro do Conselho de Estado e recém-nomeado vice-presidente do Conselho de Ministros. Fundador da Segurança do Estado e primeiro titular do Interior.

- Ministro da Agricultura:

General Ulises Rosales, dirigente histórico, 66 anos. É membro do Birô Político e vice-presidente do Conselho de Ministros. Ex-chefe do Estado Maior das Forças Armadas (FAR), foi ministro do Açúcar até assumir a atual pasta, em novembro de 2008.

- Ministro da Defesa:

General Julio Casas Regueiro, dirigente histórico, 73 anos. Membro do Birô Político e vice-presidente do Conselho de Estado. Foi vice-ministro primeiro das FAR até sua escolha para ocupar o ministério da Defesa, em 2008.

- Secretário de Gabinete:

General José Ricardo, ex-secretário de Raúl Castro na Defesa. Substituiu Carlos Lage, artífice da política econômica de Fidel Castro.

- Presiente do Parlamento:

Ricardo Alarcón, 71 anos, acadêmico e diplomata. Reconhecido perito em política americana, também é membro do Birô Político. Foi embaixador na ONU, vice-chanceler e chanceler. Dirige o Parlamento desde 1993.

- Ministro do Interior:

General Abelardo Colomé, 69 anos, vice-presidente do Conselho de Estado e membro do Birô Político. Foi chefe das tropas cubanas em Angola em 1975 e vice-ministro das Forças Armadas (FAR) até 1989, quando ocupou a pasta do Interior.

- Ministro da Saúde:

José Ramón Balaguer, dirigente histórico, 76 anos, membro do Birô Político e do Conselho de Estado. Ex-ideólogo do Partido Comunista.

- Chefe do Estado Maior:

General Alvaro López Miera, dirigente histórico, 65 anos, membro do Birô Político e do Conselho de Estado. Foi um dos chefes militares na guerra de Angola.

- Ministro dos Transportes:

Jorge Luis Sierra, engenheiro mecânico, 47 anos. É membro do Birô Político e vice-presidente do Conselho de Estado.

- Vice-ministro primeiro da Defesa:

General Leopoldo Cintras, dirigente histórico, 67 anos. Membro do Birô Político e do Conselho de Estado, é considerado herói da Guerra de Angola.

- Chanceler:

Bruno Rodríguez, jornalista, 51 anos. Membro do Comitê Central do Partido Comunista. Foi embaixador na ONU e vice-chanceler para a América Latina. Sustituiu Felipe Pérez Roque.


Leia mais sobre: Cuba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.