tenebrosa OEA, diz TV estatal - Mundo - iG" /

Cuba não quer voltar à tenebrosa OEA, diz TV estatal

HAVANA (Reuters) - Cuba aplaudiu na quarta-feira a revogação de uma resolução de 47 anos que expulsou o país da Organização dos Estados Americanos (OEA), mas afirmou que não voltará a esse grupo tenebroso. Randy Alonso, moderador do programa Mesa Redonda, da TV estatal cubana, descreveu como um dia histórico a decisão adotada pela OEA na cidade hondurenha de San Pedro Sula.

Reuters |

"Cuba não pediu, não quer voltar à OEA, cheia de sua história tenebrosa e entreguista, mas reconhece o valor político, o simbolismo e a rebeldia que está nas entranhas dessa decisão, impulsionada pelos governos populares da América Latina", disse.

Cuba foi expulsa da OEA em 1962 por pressão de seu inimigo Estados Unidos.

A revogação da expulsão da ilha representa uma bofetada no governo do presidente norte-americano, Barack Obama, que havia condicionado a volta do país a avanços nos direitos humanos.

A moção foi aprovada por unanimidade, incluindo o voto dos Estados Unidos.

(Reportagem de Esteban Israel e Rosa Tania Valdés)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG