Cuba e Brasil produzirão mais vacina antimeningocócica para a África

Cuba e Brasil aumentarão este ano para 50 milhões de doses sua produção conjunta da vacina antimeningocócica A-C, com a qual a OMS tenta conter a pior epidemia dessa doença enfrentada por 25 países africanos desde 1996.

AFP |

A vice-presidente do Instituto Finlay de Havana, Rosa Lydia Solís, destacou que o Laboratório de Ingredientes Farmacêticos Ativos (IFAs) dessa instituição e o Instituto de Manguinhos entregaram 18 milhões de dolses da vacina Men A-C nos últimos dois anos e aumentarão sua produção em 2009 até 50 milhões.

Solís explicou que a colaboração entre os dois países surgiu por causa do pedido feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter a epidemia de meningite que afetou entre 2007 e 2008 principalmente a África subsaariana, com registros de mais de 50.000 doentes e quase 2.000 falecidos.

rd/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG