Cuba diz que analisará oferta dos EUA para conversas sobre migração

Havana, 25 mai (EFE).- O presidente do Parlamento cubano, Ricardo Alarcón, afirmou hoje que a recente oferta dos Estados Unidos para retomar as conversas sobre questões migratórias será examinada com o maior interesse.

EFE |

"Sempre dissemos que estamos dispostos a conversar com eles em condições de igualdade. Em matéria migratória, tivemos uma experiência que foi interrompida abruptamente" pelo ex-presidente americano George W. Bush, declarou Alarcón à Agência Efe.

Alarcón lembrou que, entre 1994 e 2003, "estas reuniões eram feitas duas vezes ao ano, até que os EUA as suspenderam unilateralmente" em 2004 por ordem de Bush.

Um porta-voz americano anunciou na sexta-feira passada a oferta do Governo do presidente americano, Barack Obama, de retomar tais conversas "a fim de reafirmar o compromisso de ambas as partes em favor de uma migração legal e ordenada". EFE rmo/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG