Havana, 19 mai (EFE).- O Ministério da Saúde Pública cubano confirmou hoje o quarto caso da gripe suína na ilha, de uma criança que esteve do Canadá, após os três estudantes mexicanos que ficaram doentes no fim de abril.

"No dia de hoje se confirma um quarto caso. Trata-se de uma criança canadense de 14 meses de idade, que chegou a Cuba com seus pais, procedente de Toronto, e que nos dias seguintes a sua chegada apresentou febre e sintomas respiratórios", diz uma nota oficial.

"A criança melhorou e hoje não apresenta sintomas da doença; ela se mantém em tratamento antiviral específico e foram adotadas medidas de vigilância epidemiológica com familiares e pessoas estiveram em contato com ela", acrescenta o comunicado.

Sobre os três casos anteriores, as autoridades da ilha informam "que sua evolução clínica foi satisfatória, todos já receberam alta e voltaram aos estudos".

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE am/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.