brutal e criminoso em Honduras - Mundo - iG" /

Cuba condena golpe de Estado brutal e criminoso em Honduras

Cuba condenou neste domingo o golpe de Estado brutal e criminoso em Honduras, e exigiu o retorno ao poder do presidente Manuel Zelaya e garantias para sua ministra das Relações Exteriores, Patricia Rodas.

AFP |

Em entrevista coletiva, o chefe da diplomacia cubana, Bruno Rodriguez, conclamou as Nações Unidas, o Movimento dos países não alinhados e a Organização dos Estados Americanos (OEA) a "exigir a liberdade imediata e garantias para a vida da ministra hondurenha das Relações Exteriores Patricia Roda".

Pelo menos oito ministros, entre eles Rodas, foram detidos pelos militares que derrubaram neste domingo o presidente Zelaya, expulso para a Costa Rica.

cb/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG