Cuba anuncia que limitará voos com origem e destino ao México

Havana, 27 abr (EFE).- As autoridades sanitárias cubanas informaram hoje que estão sendo adotadas todas as medidas necessárias e que limitarão ao máximo os voos procedentes e com destino ao México diante da propagação da gripe suína por esse país.

EFE |

O Ministério da Saúde Pública de Cuba afirma em uma nota divulgada hoje na imprensa oficial que, diante de "uma doença de transmissão de humano a humano de amplas possibilidades de disseminação no mundo todo, está sendo adotado um grupo de medidas necessárias nos próprios aeroportos e portos".

Entre elas, cita "limitar ao máximo os voos procedentes e com destino ao México, e estar prontos para tomar todas as medidas que forem necessárias", assim como "atualizar todas as capacidades de vigilância clínico-epidemiológicas e de atendimento à população do Sistema Nacional de Saúde Pública".

Fontes do Aeroporto José Martí de Havana disseram à Agência Efe que, até o momento, estão sendo cumpridos os horários estabelecidos para os voos entre Cuba e México, mas estão "à espera de novas orientações".

O Ministério da Saúde pede que a população "intensifique a higiene pessoal e coletiva, como: tapar a boca e o nariz ao espirrar ou tossir, lavar frequentemente as mãos, manter a higiene nas casas e centros coletivos, assim como o atendimento médico quando necessário". EFE jlp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG