Cuba acusa EUA pela morte de dois balseiros

Cuba responsabilizou nesta quarta-feira o governo dos Estados Unidos pela morte de dois balseiros, entre eles um menino de 11 anos, em uma frustrada operação de tráfico de imigrantes ilegais na segunda-feira, que deixou ainda dois feridos, um deles gravemente, segundo o jornal oficial Granma.

AFP |

"Uma vez mais a assassina Lei de Ajuste Cubano (imigração) e a dupla moral do governo americano provocam a morte de pessoas inocentes e deixam de luto a família cubana", afirma o Granma, ao se referir aos fatos ocorridos no centro da ilha,

Segundo testemunhas, uma criança de 11 anos, quatorze homens e três mulheres foram levados em uma precária embarcação de madeira até 26 km da costa, onde seriam recolhidos por uma lancha rápida com dois tripulantes.

Ao serem surpreendidos por uma embarcação do governo cubano, a lancha rápida dos traficantes investiu contra a balsa, fazendo com que as 20 pessoas caíssem na água.

cb/fb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG