O governo de Cuba assegurou nesta quarta-feira que está de pé a proposta feita a Barack Obama pelo presidente Raúl Castro de trocar opositores presos por cinco cubanos condenados nos Estados Unidos por espionagem.

"Todas e cada uma das palavras ditas por Raúl (Castro) antes estão de pé", declarou o chanceler cubano Felipe Pérez Roque, ao ser ouvido, durante entrevista à imprensa.

O governante cubano lançou sua proposta durante visita oficial feita em dezembro ao Brasil, mas o governo George W. Bush a rejeitou.

mis/me/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.