clara , acusa embaixador russo - Mundo - iG" /

CS é incapaz de emitir reação clara , acusa embaixador russo

Moscou, 8 ago (EFE).- O embaixador russo na ONU, Vitali Churkin, criticou hoje o Conselho de Segurança (CS) da organização por não ter emitido uma reação clara ao conflito militar na região separatista georgiana da Ossétia do Sul.

EFE |

"O Conselho de Segurança não emitiu uma reação clara aos eventos em andamento", assegurou Churkin à agência "Interfax".

A Rússia convocou hoje uma reunião urgente do CS para abordar a situação na Ossétia do Sul, palco de sangrentos confrontos.

"A razão da incapacidade do Conselho de Segurança (...) se explica, infelizmente, pela ausência de posturas políticas claras por parte de uma série de membros", declarou Churkin.

O embaixador russo disse que a Rússia e os Estados Unidos mantiveram vários contatos nos últimos dias e que Moscou tirou a conclusão de que "havia sido obtido um certo nível de entendimento sobre a necessidade de se frear a escalada do conflito".

No entanto, acrescentou, na posição dos EUA diante do caso envolvendo Geórgia e Ossétia do Sul "reside, precisamente, uma das razões fundamentais da situação na qual se encontra hoje o conflito".

O embaixador russo expressou esperança de que Tbilisi compreenda que o CS não está disposto a aceitar "as tentativas de solucionar um conflito de tantos anos mediante uma agressão militar". EFE io/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG