CS da ONU mostra preocupação com relatório sobre ataque de Israel a Gaza

Nações Unidas, 13 mai (EFE).- O Conselho de Segurança (CS) da ONU expressou hoje preocupação com as conclusões do relatório de uma comissão do organismo no qual se acusa a Israel de negligência e imprudência pelo bombardeio de instalações da organização durante o conflito de Gaza.

EFE |

"Os membros do Conselho de Segurança expressaram preocupação com as conclusões do relatório", disse o presidente de turno do principal órgão da ONU, o embaixador russo Vitaly Churkin.

Ele afirmou que os 15 integrantes do conselho não exigiram ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que adote qualquer medida de acompanhamento, mas expressaram interesse "em que seja relatado o progresso obtido no assunto".

Em 5 de maio, após a divulgação do relatório, Ban afirmou que pedirá uma indenização ao Governo israelense pelos quase US$ 11 milhões em danos causados pelos ataques às instalações da ONU na ofensiva do país contra o grupo islâmico Hamas em Gaza, que entre dezembro e janeiro.

Churkin explicou que a Líbia, o representante árabe no conselho, retirou um projeto de resolução no qual as ações israelenses eram condenadas.

Em troca, os países ocidentais aceitaram que o principal órgão expressasse a preocupação com o conteúdo do relatório.

Israel se negou a pedir desculpas pelos bombardeios do Exército a seis instalações da ONU investigados pela comissão designada por Ban, e qualificou o relatório de "vergonhoso" e "tendencioso".

A ofensiva do Exército israelense em Gaza deixou como saldo 1.400 palestinos mortos e cinco mil feridos. EFE jju/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG