CS da ONU inicia negociações de resolução contra Coreia do Norte

Nações Unidas, 26 mai (EFE).- O Conselho de Segurança (CS) da ONU começou hoje a negociar um projeto de resolução que responda de maneira firme ao teste nuclear realizado pela Coreia do Norte, o qual considera uma violação da legalidade internacional.

EFE |

Representantes dos 15 membros do principal órgão se reuniram na sede das Nações Unidas por duas horas para discutir o conteúdo do documento.

"Posso dizer que há consenso sobre a necessidade de adotar uma mensagem firme e forte em forma de resolução", disse o embaixador do Japão perante a ONU, Yukio Takasu, ao fim do encontro.

O diplomata não quis dar detalhes sobre o conteúdo do projeto de resolução, que poderia incluir novas sanções contra o regime norte-coreano.

"Seria inadequado que revelasse o que se propôs, mas é evidente que é necessário lançar uma mensagem clara e firme", acrescentou.

Por sua vez, a embaixadora dos Estados Unidos, Susan Rice, avaliou a reunião realizada hoje como "produtiva" em relação aos elementos que poderia conter o projeto de resolução.

"São conversas sérias e concretas, que são somente um primeiro passo. Nossas conversas e deliberações levarão tempo, porque falamos de assuntos complicados que requerem considerações cuidadosas", esclareceu.

Rice ressaltou que os integrantes do CS compartilham uma mesma vontade neste caso, que é deixar evidente "de forma muito clara e inequívoca que as ações da Coreia do Norte entram em choque com os interesses regionais de paz e segurança".

Fontes diplomáticas disseram à Agência Efe que a dificuldade que os membros do Conselho enfrentam é como alcançar um equilíbrio entre redigir uma resolução "dura" contra Pyongyang, mas que não impeça que o regime comunista retorne ao diálogo.

"O que não se quer é encurralar os coreanos", disseram as mesmas fontes. EFE jju/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG