Nações Unidas, 25 set (EFE).- O Conselho de Segurança (CS) da ONU condenou hoje os atos de intimidação realizados pelas autoridades de fato de Honduras contra a embaixada do Brasil em Tegucigalpa, onde o presidente hondurenho deposto, Manuel Zelaya, está refugiado.

"Condenamos os atos de intimidação contra a embaixada do Brasil", disse a presidente de turno do CS e embaixadora dos Estados Unidos, Susan Rice, em declaração verbal ao término da reunião, na qual também ressaltou que o fórum que analisa a situação global de Honduras é a Organização dos Estados Americanos (OEA). EFE emm/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.