Cruz Vermelha pede mobilização urgente de ajuda ao Haiti

O terremoto que afetou o Haiti na terça-feira requer uma operação de ajuda internacional em massa, afirmou à AFP um porta-voz da Federação Internacional da Cruz Vermelha (FICV), que prepara uma intervenção coordenada com o CICV (Comitê Internacional da Cruz Vermelha).

AFP |

A FICV realizou nesta quarta-feira uma reunião de crise em sua sede de Genebra, afirmou o porta-voz, Jean-Luc Martinage.

"Reservas de urgência estão armazenadas no Haiti e permitem ajudar 3.000 famílias durante três a quatro dias, mas teremos que levar rapidamente o material de socorro de nosso centro regional de reação para as catástrofes, o PADRO, com sede no Panamá", afirmou.

Seis funcionários da FICV, entre eles o delegado regional, uma especialista em logística e dois responsáveis por saúde e socorro de primeira necessidade, devem chegar ao Haiti, procedentes do Panamá, durante a manhã se o aeroporto de Porto Príncipe estiver aberto.

O CICV se coordena com a FICV no Movimento da Cruz Vermelha.

Os nove representantes no país do CICV estão sãos e salvos, mas a organização ainda não conseguiu fazer um balanço sobre a situação dos funcionários.

dro-at/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG