Cruz Vermelha desbloqueia fundo especial para ajudar Chile

GENEBRA - A Federação Internacional da Cruz Vermelha desbloqueou hoje 205 mil euros (R$ 505 mil) de seus fundos de urgência para serem usados nas operações de resgate no Chile, atingido por um forte terremoto no sábado.

EFE |

O número de mortos devido ao terremoto que assolou as regiões central e sul do Chile já supera 300, segundo o Escritório Nacional de Emergência (Onemi).

As réplicas seguem sendo sentidas em território chileno e muitas linhas de comunicação estão cortadas.

A Cruz Vermelha chilena conta com 29 comitês na região de Bío-Bío e 14 na de Maule, as duas zonas mais prejudicas pelo tremor.

Além do desbloqueio de fundos, a Cruz Vermelha lançou um alerta de mobilização eventual para suas unidades de intervenção regional, às equipes de resposta urgente e às equipes de avaliação e coordenação.

Uma equipe de especialistas da Unidade de Resposta Pan-americana da Cruz Vermelha, com base no Panamá, está pronta para ir ao Chile quando for necessário. EFE gb/rr

    Leia tudo sobre: terremoto no chile

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG