Crucifixo de madeira salva jornalista colombiano da morte

Um jornalista colombiano conseguiu se salvar quando uma bala disparada contra ele durante um assalto pegou no crucifixo de madeira que levava no peito, contou neste sábado ele próprio, na cidade de Manizales (278 km a oeste de Bogotá).

AFP |

O caso aconteceu com o repórter Hugo Cuartas. Ele e seu colega Carlos Mesa acabavam de apresentar um programa de música na televisão local e pegaram um táxi, quando foram assaltados por dois homens armados; um deles atirou à queima-roupa", precisou Cuartas, acrescentando que sentiu muita dor, acompanhada de um ardor no peito. Quando lhe tiraram a camisa observou que o Cristo que sempre levava consigo, estava colado a seu corpo e destroçado".

Os agressores fugiram levando o laptop no qual os jornalistas guardavam centenas de peças musicais.

Cuartas será submetido a uma cirurgia, uma vez que a bala ricocheteou atravessando seu braço esquerdo, causando fraturas.

Leia também:



Leia mais sobre: assalto

    Leia tudo sobre: colômbia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG