Cronologia da pena de morte nos Estados Unidos

A Suprema Corte dos Estados Unidos considerou constitucional nesta quarta-feira o método de injeção letal - uma decisão que deve relançar as execuções na maior parte do país.

AFP |

Por sete votos contra dois, a maior instância judicial do país determinou que o risco de sofrimento vinculado a este método, utilizado em quase todas as execuções nos Estados Unidos, não faz parte dos "castigos cruéis e inabituais.

A injeção letal consiste em administrar três produtos: o primeiro faz o condenado dormir, o segundo paralisa seus músculos e o terceiro pára seu coração.

Muito comuns na primeira metade do século XX, as execuções diminuíram depois nos Estados Unidos até uma moratória de fato em 1967, questionada 10 anos mais tarde.

Segue a cronologia da pena de morte nos Estados Unidos:

- 1793: Pensilvânia impõe 'graus' de gravidade para os homicídios, dos quais alguns não são passíveis da aplicação da pena de morte para assassinos, chegando assim a um compromisso entre os 'quakers abolicionistas' e os partidários da punição capital.

- 1846: Michigan é o primeiro estado a abolir a pena de morte, exceto nos casos de traição.

- 1890: Primeira execução em cadeira elétrica é realizada em Nova York.

- 1935: Recorde histórico em execuções, com 199 penas de mortes cumpridas em um ano. Na década de 30, estas alcançam uma média de 170 por ano. A queda neste índice só aconteceria nos anos 60.

- 1967: Após a execução de um homem na câmara de gás no Colorado, coloca-se em prática uma moratória não-oficial sobre a pena de morte.

- 1972: A Suprema Corte dos Estados Unidos decide que a pena de morte, tal como é aplicada, constitui um castigo 'cruel e pouco habitual', segundo os termos da oitava emenda da Constituição. Ordena-se a paralisação das execuções.

- 1976: Após vários estados revisarem as leis sobre a pena de morte, a Suprema Corte declara uma série de sentenças abrindo caminho para o reinício das execuções.

- 1977: A primeira execução da 'era moderna' da pena de morte nos Estados Unidos é realizada ante um pelotão de fuzilamento do homicida Gary Gilmore, em Utah.

- 1977: Oklahoma é o primeiro estado a criar um sistema de mortes com injeções letais.

- 1984: É executada na Carolina do Norte Velma Barfield, a primeira mulher a receber a pena de morte desde 1976.

- 1986: A Suprema Corte proíbe as execuções de doentes mentais.

- 2002: A Suprema proíbe as execuções de deficientes mentais.

- 2005: A Suprema Corte proíbe as execuções de menores de 18 anos que tenham cometido crimes passíveis abaixo desta idade. Chega-se aos mil executados desde o restabelecimento da pena capital, em 1976.

- 2006: o questionamento à injeção letal provoca a suspensão das execuções em mais de uma dezena de Estados.

- 2007: Nova Jersey (leste) renuncia à pena de morte. As execuções caem a 42 e as condenações à morte a 110 no ano.

- 2008: a Corte Suprema declara constitucional a injeção letal. O apoio à pena capital é de 66% no país, com 3.260 detidos nos corredores da morte.

ger/cn/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG