Crocodilo se nega a comer após engolir celular na Ucrânia

Veterinários ucranianos tentam ajudar animal que engoliu o aparelho eletrônico em um aquário

AFP |

Veterinários ucranianos estão tentando ajudar um crocodilo que não come nada desde que engoliu um telefone celular em um aquário de Dnipropetrovsk, no centro-leste da Ucrânia. O incidente ocorreu no fim de dezembro. Ao tirar uma foto do réptil, uma visitante do aquário deixou cair seu telefone na água e o animal, um crocodilo do Nilo de 15 anos, o engoliu imediatamente. Durante dois dias o aparelho continuou tocando e vibrando na barriga do crocodilo, chamado Guena.

"Desde então, o animal se movimenta e entra na água, mas não come nada", disse um representante do aquário, Edvard Manukian, contatado pela AFP. A dona do telefone, por sua vez, exigiu da administração do aquário que lhe devolva o aparelho ou pelo menos o chip com seus contatos. No entanto, a direção do estabelecimento hesita em recorrer a uma cirurgia e confia em que o celular finalmente sairá por via natural.

"Por enquanto não queremos operá-lo. Guardamos esta opção como último recurso", disse Manukian. "Injetamos purgante e vitaminas em uma perdiz esperando que a comesse, mas não o fez", lamentou. "Agora, vamos aquecer a água e o ar para acelerar sua digestão" na esperança de que o crocodilo volte a comer, explicou Manukian.

    Leia tudo sobre: Ucrâniaanimalcuriosa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG