Croácia proíbe festas de fim de ano para poupar dinheiro

ZAGREB, 14 de novembro (Reuters) - O governo da Croácia proibiu nesta sexta-feira comemorações de Natal e Ano Novo em instituições estatais e companhias públicas, como medida para cortar gastos. A Croácia se comprometeu a equilibrar o orçamento de 2009, pela primeira vez desde a independência em 1991, e o governo propôs um congelamento de salários para reduzir o impacto da crise financeira global.

Reuters |

"Proibimos a organização de qualquer comemoração de Natal ou Ano Novo ou compra de presentes. O governo também exige que as estatais reduzam as despesas", disse o primeiro-ministro Ivo Sanader durante reunião de gabinete.

Festas de fim de ano têm sido regra na última década na Croácia e muitos jornais dedicam páginas especiais para comparar as recepções que acontecem em dezembro.

A Croácia tem feito manobras para evitar uma turbulência em seu sistema financeiro desde que a crise global eclodiu, no entanto, analistas e autoridades têm dito que a economia irá sofrer uma severa desaceleração em 2009, particularmente no setor de turismo.

(Reportagem de Igor Ilic)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG