Críticas fazem zoo mudar nome de macaco batizado de Obama

Berlim, 10 jul (EFE).- O Jardim Zoológico da cidade alemã de Dresden (leste), pressionado por uma organização que combate o racismo, decidiu mudar o nome do macaco batizado de Obama no ano passado.

EFE |

A partir de hoje, o animal atende pelo nome de Okeke.

Representantes do zoológico disseram que o macaco foi batizado de Obama pelos funcionários do zoo.

A alcunha foi escolhida em função do carisma do atual presidente americano, Barack Obama, e em respeito a uma regra do parque, segundo a qual o nome de todos os animais nascidos em 2008 teriam de começar com a letra "O".

No entanto, a organização Iniciativa Pessoas Negras na Alemanha disse que a escolha do nome era "racista".

"Quando um político negro serve para dar nome a um macaco é discriminatório", afirmou o presidente do grupo, Tahir Della. EFE nvm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG