Cristina Kirchner viaja a São Paulo com delegação de 500 empresários

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, viaja com uma delegação de 500 empresários a São Paulo nesta quinta-feira, onde deve se reunir com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para estudar uma posição comum na perspectiva da conferência do G20.

AFP |

O encontro entre os dois dirigentes acontecerá uma semana depois de ambos os países terem concordado durante uma reunião de diplomatas em Buenos Aires em se esforçar ao máximo para preservar sua aliança estratégica no Mercosul.

O objetivo da visita de Cristina Kirchner é estudar uma política comum na perspectiva da reunião do G20, prevista para o dia 2 de abril em Londres.

Os dois dirigentes concordam sobre a importância da conferência para definir mudanças no sistema financeiro, além de compartilharem críticas às instituições financeiras internacionais, como o desprestigiado Fundo Monetário Internacional (FMI).

Cristina Kirchner também defendeu o fim dos paraísos fiscais.

Na sexta-feira, a presidente argentina participará junto com Lula do fim de um seminário empresarial binacional na sede da poderosa Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), no qual marcarão presença cerca de 1.200 empresários dos dois países.

Cristina Kirchner receberá do presidente da Fiesp, Paul Skaff, uma condecoração ao mérito industrial. Skaff criticou duramente as recentes medidas protecionistas adotadas pela Argentina para conter uma eventual avalanche de produtos brasileiros no mercado nacional, medidas que contribuíram para o aumento da tensão entre os dois gigantes do Mercosul.

Buenos Aires também lamentou medidas restritivas adotadas pelo Brasil, como as novas exigências sanitárias impostas a alguns produtos agroindustriais.

O Brasil registrou em 2008 um superávit comercial de 4,344 bilhões de dólares em relação à Argentina.


Leia mais sobre Argentina

    Leia tudo sobre: argentina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG