Cristina Kirchner tentará reeleição em outubro na Argentina

Em rede nacional, presidente argentina manteve mistério sobre quem será seu companheiro de chapa

iG São Paulo |

AFP
Presidente argentina deu fim a especulações e incertezas que tomaram o país após a morte de Néstor Kirchner, em outubro do ano passado (foto de arquivo)
A presidente argentina, Cristina Kirchner, anunciou nesta terça-feira que tentará se reeleger, na disputa prevista para outubro.

Em um ato na Casa Rosada, sede da presidência argentina, a mandatária deu fim a especulações sobre se disputaria novamente as eleições ao afirmar se tratar de um compromisso "irrevogável".

"Vamos nos submeter mais uma vez, como sempre fiz", disse. "Meu compromisso é irrevogável. Espero ser uma ponto entre as novas e velhas gerações", acrescentou, segundo o jornal argentino La Nación.

Cristina disse, em rede nacional, que buscará a reeleição porque tem "um alto senso de responsabilidade política".

A presidente argentina manteve mistério sobre quem será seu companheiro de chapa, apesar de ter colocado fim a rumores e incertezas políticas no país desde a morte de seu marido e ex-presidente Néstor Kirchner , morto em outubro do ano passado.

Inscrição

O prazo de inscrição dos candidatos à Presidência da Argentina vence no sábado. Cristina lidera com folga as pesquisas de intenção de voto para as eleições de 23 de outubro.

O pesquisador Artemio López, da consultora Equis e próximo do governo, disse que "se fosse hoje a eleição, Cristina se elegeria no primeiro turno".

O caminho até a reeleição, no entanto, não será completamente plano, segundo outros analistas, apesar do bom desempenho da economia. Recentes escândalos por denúncias de corrupção podem afetar seu índice de popularidade, de acordo com a avaliação de especialistas.

Porém, o crescimento robusto da terceira maior economia da América Latina, uma oposição dividida e a compaixão dos eleitores com a presidente após a morte de seu marido e antecessor colocam Cristina como favorita. 

*Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: argentinacristina kirchnerreeleição

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG