Cristina Kirchner inaugura em Paris o Jardim das Mães e Avós da Praça de Maio

Paris, 7 abr (EFE).- A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, inaugurou hoje em Paris uma praça chamada Jardim das Mães e Avós da Praça de Maio em companhia do prefeito da capital francesa, Bertrand Delanoë.

EFE |

Cristina elogiou em seu discurso realizado no ato a "tarefa das mulheres que, com um lenço branco na cabeça, enfrentaram a ditadura mais cruel que se pode imaginar".

Além disso, ela destacou a importância de que as Mães e Avós da Praça de Maio não tenham "caído em um gesto de violência ou de vingança" e que tenham combatido "apenas pedindo, tenazmente, obstinadamente, verdade e justiça".

Com relação à "marcha" na qual participou junto com Delanoë ontem em Paris para pedir a libertação dos reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), especialmente de Ingrid Betancourt, a presidente argentina afirmou "sentir que estava devolvendo algo que a França e Paris tinham dado à Argentina nos piores anos" que conheceu neste país.

Por sua parte, Delanoë afirmou que a presença da governante argentina "transfere a Paris o desejo de todo o povo argentino, da luta pela dignidade e contra a ditadura militar".

Antes de inaugurar oficialmente a praça localizada em "um local lindo e poético", o prefeito destacou o "lindo gesto" Cristina Kirchner ao "se juntar ontem ao povo de Paris para pedir a liberdade dos reféns colombianos".

As negociações pela libertação dos reféns das Farc forma o assunto principal do almoço de trabalho da presidente argentina com seu colega francês, Nicolas Sarkozy, hoje no Palácio do Eliseu. EFE jaf/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG