Cristina Kirchner debate com Lula crise na Bolívia

Buenos Aires, 11 set (EFE).- A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, se comunicou esta noite por telefone com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com a Chefe de Estado do Chile, Michelle Bachelet, para analisar a situação da Bolívia.

EFE |

Fontes oficiais disseram à agência estatal "Télam" que no diálogo também se reafirmou o "forte respaldo" ao presidente da Bolívia, Evo Morales, perante os violentos protestos que ocorrem pelo terceiro dia consecutivo contra o Governo.

Horas antes, a Argentina expressou seu "pleno e incondicional respaldo" ao Governo Morales e chamou à comunidade internacional a se pronunciar a favor do respeito à ordem constitucional e à integridade territorial da Bolívia.

A Chancelaria argentina disse em comunicado que "perante os graves fatos de violência e sabotagem terrorista" registrados na Bolívia, o Governo de Cristina "reitera seu pleno e incondicional respaldo ao Governo constitucional de Evo Morales". EFE cw/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG