Cristãos enfrentam Polícia após assassinato de 6 coptas no Egito

Cairo, 7 jan (EFE).- Mil cristãos coptas enfrentaram hoje as forças de segurança egípcias na cidade de Naya Hamadi, em protesto contra a morte ,na quarta-feira à noite, de seis fiéis em um atentado, quando saíam de uma igreja, após celebrar o Natal copta.

EFE |

Segundo a agência de notícias egípcia "Mena", cerca de mil coptas se concentraram nas portas do hospital da localidade, situada na província de Qena, 600 quilômetros ao sul do Cairo, onde estão os corpos das vítimas.

"Alguns dos presentes começaram a jogar pedras contra o hospital", segundo a agência, que afirma que vários membros das forças de segurança ficaram feridos.

Fontes de segurança disseram à Agência Efe que os manifestantes, que recriminam as forças de segurança por defender os muçulmanos, e não aos cristãos, os coptas agrediram os agentes com pedras em vários pontos da cidade, e as forças da ordem se espalharam por toda a cidade para evitar que a situação saia do controle.

Além disso, a Polícia teria identificado um dos agressores, Mohammed Ahmad de 26 anos, graças aos depoimentos das testemunhas, mas não foram oferecidos mais detalhes.

Segundo a "Mena", as forças de segurança tentaram dispersar os manifestantes e evitar que mais pessoas se concentrassem no hospital, enquanto vários altos responsáveis da igreja copta foram ao local para tentar acalmar a situação.

Seis cidadãos cristãos e um policial muçulmano morreram ontem à noite devido aos tiros de um homem armado contra um grupo de fiéis que participavam das celebrações do Natal copta.

Fontes policiais confirmaram à Efe que o atacante estava em um veículo junto com outras duas pessoas, que fugiram após a agressão.

O incidente ocorreu em uma igreja na localidade de Naya Hamadi às 23h30 (19h30 de Brasília), quando um grupo de fiéis saía do templo, após participar da missa que marca o começo do Natal copta. EFE nq-jfu/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG