Cristãos e muçulmanos compartilham valores fundamentais, afirma Bento XVI

Cristãos e mulçulmanos compartilham valores fundamentais, afirmou o Papa Bento XVI nesta quinta-feira durante um encontro com uma delegação muçulmana na nunciatura apostólica de Yaoundé, capital de Camarões, país africano em que as duas religiões mantêm boas relações.

AFP |

O Papa participou no encontro pela manhã, antes de celebrar uma missa em um estádio da capital cameronesa, primeiro encontro do Sumo Pontífice com a população africana desde que desembarcou em Yaoundé na terça-feira em sua primeira viagem à Africa, que na sexta-feira o levará a Angola.

"Camarões recebe milhares de cristãos e muçulmanos que, geralmente, vivem, trabalham e realizam suas práticas religiosas em vizinhança", afirmou Bento XVI segundo o texto entregue à imprensa, que não teve acesso ao encontro.

"Todos acreditam em um Deus único e compartilham valores fundamentais como a família, a responsabilidade social, a obediência a Deus, a defensa dos mais fracos", acrescentou à delegação, formada por 20 autoridades muçulmanas.

"A religião e a razão se reforçam mutuamente quando a religião é purificada e estruturada pela razão, e quando o potencial da razão se libera pela revelação da fé", completou.

nou/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG