Cristãos e Liberais podem obter maioria parlamentar alemã

Berlim, 9 jan (EFE).- Uma potencial coalizão entre a União Democrata-Cristã (CDU), da chanceler Angela Merkel, e o Partido Liberal obteria a maioria parlamentar, segundo o Barômetro Político da Segunda Rede de Televisão Alemã (ZDF), pesquisa eleitoral de referência no país.

EFE |

Segundo a pesquisa, divulgada hoje, se as eleições gerais fossem neste domingo, a CDU, junto com sua parte bávara, União Social-Cristã (CSU), obteria 40% dos votos, o Partido Social-Democrata (SPD) 26%, os Liberais, 11% , a Esquerda 10% e os Verdes, 8%.

Se forem confirmados esses resultados nas eleições de 27 de setembro, isto significaria muito provavelmente o fim da atual grande coalizão de Governo, entre CDU e SPD, e a formação de uma nova aliança entre democratas-cristãos, sociais-cristãos e liberais, o que Merkel disse ser sua preferência.

A CDU governou em coalizão com os Liberais durante os 16 anos da era do chanceler Helmut Kohl (1982-1998) e os dois partidos costumam considerar um ao outro como parceiros naturais.

Outra pesquisa, da "Primeira Cadeia da Televisão Alemã (ARD)", divulgada ontem, também dava maioria a uma coalizão entre CDU/CSU e o Partido Liberal. EFE rz/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG