A crise econômica mundial poderá deixar sem emprego até o final de 2009 cerca de 51 milhões de pessoas no mundo, advertiu nesta quarta-feira a Organização Internacional do Trabalho (OIT) em seu relatório anual.

Nova estimativas indicam que "o desemprego global em 2009 pode aumentar em relação a 2007, passando de 18 a 30 milhões de trabalhadores, e mais de 50 milhões se a situação continuar a se deteriorar", afirma a agência em seu comunicado.

pac/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.