Crise financeira dominará 28ª Cúpula Íbero-americana

Madri, 16 out (EFE).- A crise financeira mundial será tema central da 28ª cúpula dos chefes de Estado da região íbero-americana, entre 29 e 31 de outubro em El Salvador, segundo afirmou hoje à agência Efe o secretário-geral ibero-americano, Enrique Iglesias.

EFE |

"Há um acordo geral de que a crise será o tema central", disse, referindo-se ao espaço que os presidentes dedicam nas cúpulas a debater assuntos que em princípio não estariam na pauta.

Na reunião de San Salvador,líderes da América Latina, Espanha e Portugal abordarão juntos pela primeira vez a crise e a perspectiva de recessão econômica na Europa e nos Estados Unidos.

Iglesias disse que espera "uma declaração conjunta dos chefes de Estado dizendo como vêem a situação no mundo, como esperam que ela evolua e que arquitetura financeira buscar para combatê-la".

Também prevê "alguma reflexão sobre a América Latina, que está melhor preparada, mas também precisa enfrentar os impactos de fora".

Iglesias convocou para segunda-feira em Madri, na sede da organização, uma "mesa de diálogo" sobre a crise, com Michel Camdessus, ex-diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI), e de Carlos Solchaga, presidente da Fundação EuroAmérica e ex-ministro da Economia espanhol.

Apesar dos diferentes enfoques econômicos dos dirigentes da região, ele acredita que não será difícil um acordo comum.

Sobre outros planos propostos contra a crise, como revisão do FMI e criação de órgãos revisores, Iglesias considera que "vamos seguir tendo um mercado, isso está claro", mas será "um mercado mais regulado".

No caso da América Latina, ele vê a oportunidade de reforçar a cooperação e juntar forças.

"Mais que nunca estamos convencidos de que os Governos têm que atuar coletivamente, sobretudo nos organismos como o FMI, junto com outros países emergentes", assinalou. EFE mlg/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG