Crise do leite: Hu Jintao denuncia conduta de autoridades locais

O presidente chinês, Hu Jintao, denunciou nesta sexta-feira a conduta das autoridades locais na crise do leite contaminado, estimando que alguns quadros perderam o sentido da responsabilidade e do interesse geral, revela neste sábado o Diário do Povo.

AFP |

"Este ano, em alguns lugares, ocorreram graves acidentes de trabalho e de segurança alimentar, que provocaram danos importantes à vida e aos bens das massas", declarou o número um do Partido Comunista Chinês (PCC), citado pelo jornal oficial.

"Estes escândalos mostram que alguns quadros perderam o sentido dos princípios, do interesse geral, das responsabilidades e da atenção ao sofrimento", afirmou Hu em reunião com dirigentes do PCC em Pequim.

"Devemos tirar as lições dolorosas destes recentes acidentes", disse Hu.

Segundo o governo chinês, leite contaminado com melamina, um produto industrial químico tóxico, matou quatro recém-nascidos e provocou problemas em mais de 6.000 bebês no país.

kma/fp/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG