Crise afeta até tubarões: ataques a humanos caíram em 2008

Os ataques de tubarões a humanos caíram em 2008 a seu nível mais baixo em cinco anos, revela um relatório da Universidade da Flórida (UF) divulgado nesta quinta-feira, que aponta a recessão mundial e a consequente redução do número de turistas nas praias como um dos motivos da queda.

AFP |

O número total de ataques de tubarão caiu a 59 no ano passado, contra 71 em 2007, destacou George Burgess, diretor do Arquivo Internacional de Ataques de Tubarão da UF.

"Não posso deixar de pensar que esta redução tem razões econômicas, já que muita gente não saiu de férias e deixou de ir às praias", revelou Burgess.

O especialista destacou que ocorreram quatro ataques mortais no ano passado, contra apenas um em 2007.

Nos Estados Unidos, onde acontecem mais de dois terços dos ataques de tubarões no mundo, ocorreram 41 incidentes em 2008, contra 50 ataques em 2007.

A maior parte dos ataques no território americano ocorreu na Flórida, onde as águas mais quentes atraem mais tubarões.

Os incidentes na Flórida ocorrem especialmente nas praias do condado de Volusia - 500 km ao norte de Miami -, região considerada como a "capital mundial dos ataques de tubarões", com 22 casos em 2008, o maior número em sete anos.

jco/LR/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG