Criminoso de guerra Aribert Heim está vivo, segundo o caça-nazistas Zuroff

Várias pistas fazem supor que o criminoso de guerra Aribert Heim, apelidado Doutor Morte, está vivo e morando no sul da Argentina ou no Chile, afirmou nesta segunda-feira Efraim Zuroff, o maior caça-nazista do mundo.

AFP |

"Não há indícios de que esteja morto e, ao contrário, há vários indícios de que pode estar vivo, nesta região", afirmou Zuroff, diretor do Centro Simón Wiesenthal, que busca os genocidas foragidos depois da queda de Adolf Hitler, em 1945.

Falando à imprensa em Bariloche (sudoeste de Buenos Aires), Zuroff considerou importante o fato de que Waltraud Diharce, a filha do criminoso de guerra, viva na cidade chilena de Puerto Montt.

O 'caça-anazistas' disse que ter viajado umas 50 vezes a essas cidades localizadas na zona das cordilheiras e separadas por uma distância de 350 Km.

Bariloche e zonas vizinhas são considerados os maiores santuários de nazistas refugiados depois da queda do Terceiro Reich e o fim da II Guerra Mundial.

ls/dm/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG