Ciudad Juárez (México), 25 ago (EFE).- Nas últimas horas, 11 homens foram assassinados em diferentes ataques cometidos hoje, aparentemente pelo crime organizado, em Ciudad Juárez, norte do México e fronteira com os Estados Unidos, informaram fontes da Promotoria estadual.

A ação mais violenta ocorreu na tarde desta terça-feira na zona sudeste de Juárez, onde cinco jovens, com entre 18 e 25 anos, foram mortos do lado de fora de uma casa.

Testemunhas afirmam que chegaram ao local homens armados a bordo de uma caminhonete e atiraram contra os jovens, que ainda não foram identificados.

Em outro episódio, dois homens foram assassinados na manhã desta terça-feira a tiros fora de um restaurante no sul da cidade. As vítimas receberam mais de 60 tiros, segundo um relatório policial.

Mais tarde, um homem foi assassinado a tiros em frente a um parque de beisebol, em um bairro da zona sudoeste. A vítima foi identificada como Edgar Ramón Salazar Chavira, de 28 anos, e, segundo o relatório policial, recebeu nove disparos.

Na mesma região, mas minutos depois, outro homem que viajava a bordo de uma motocicleta foi assassinado por desconhecidos com uma rajada de tiros de armas longas.

Os corpos de outros dois homens foram encontrados dentro de uma caminhonete abandonada em uma zona ao noroeste.

Os corpos apresentavam ferimentos de bala.

No ano passado, Ciudad Juárez foi considerada a cidade mais violenta do México, com mais de 1.600 mortes ligadas ao crime organizado das seis mil registradas em todo o país em 2008. EFE hs/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.