Pelo menos 22 pessoas morreram no sábado nos estados mexicanos da Baixa Califórnia e Chihuahua, vítimas da guerra entre os cartéis de drogas nas cidades de fronteira do país.

Uma granada foi lançada contra a subprocuradoria da conturbada Ciudad Juárez, norte do México, mas não explodiu.

Na madrugada de sábado quatro hombres foram assassinados pelo crime organizado na localidade. No município de Guerrero, perto Ciudad Juárez, foram encontrados os corpos de uma mulher de 38 anos e da filha de dois meses.

O estado de Chihuahua, particularmente Ciudad Juárez, porta de entrada para os Estados Unidos, sofre com a batalha entre os cartéis de Juárez e de Sinaloa, uma guerra que provocou mais de 1.500 mortes no decorrer do ano.

Tudo isto acontece apesar da presença de 2.500 militares na região para combater o crime organizado.

Na Baixa Califórnia 16 pessoas foram assassinadas por outro cartel de drogas.

str/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.