Crianças e porcos dividem espaço em abrigo no Maranhão

Nas ruas de terra do Parque de Exposições de Bacabal, no Maranhão, crianças e porcos dividem espaço em meio à lama, às moscas e ao lixo acumulado pela ocupação desordenada de instalações projetadas para funcionar como estandes e pavilhões de animais, e não como casa.

BBC Brasil |

Levados para o parque por famílias abrigadas no local desde meados de março, quando as chuvas começaram a fazer o rio Mearim transbordar e inundaram boa parte da cidade, os suínos já se transformaram em parte da paisagem, e muitos são tratados como mascotes.

Um dos mais famosos é "Neném", um leitãozinho órfão de pouco mais de um mês. Sua dona, Luciana Ferreira de Souza, mora no parque há quase dois meses com o marido, dois filhos, de 9 meses e 3 anos, e um cachorro. Todos dividem o mesmo cômodo.


Luciana mostra o leitão "Neném" / Foto: Alessandra Corrêa

Além de brincar com as crianças, o porquinho gosta da companhia dos cachorros, que proliferam no abrigo. "Ele adora os cachorros. Se dão bem", diz Luciana.

Luciana ainda não sabe quando vai poder deixar o parque. "Nossa casa era de barro e desabou com as chuvas", diz. "Meu marido trabalha como carroceiro, mas está desempregado."

A esperança, diz ela, é que as águas baixem logo para que possa comprar barro e tentar reconstruir a casa.

Leia mais sobre chuva no Nordeste

    Leia tudo sobre: chuva no nordeste

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG