Crianças do Hamas protestam em fronteira entre Gaza e Egito

Gaza, 7 jul (EFE).- Centenas de crianças da Faixa de Gaza simpatizantes do movimento islâmico Hamas fizeram uma manifestação hoje junto à fronteira sul do território, limite com o Egito, para pedir o fim de mais de dois anos de bloqueio.

EFE |

O Hamas, que controla a Faixa de Gaza, organizou o protesto e os menores manifestantes participam dos acampamentos de verão vinculados ao grupo islâmico.

Com idades entre 9 e 14 anos, as crianças gritaram palavras de ordem nas quais pediram ao Egito para abrir de forma permanente o terminal fronteiriço de Rafah, e estavam com cartazes nas quais era possível ler "recuperem as crianças palestinas" ou "fim ao bloqueio de Gaza".

O porta-voz do Hamas em Gaza, Sami Abu Zuhri, assistiu à convocação e afirmou que os palestinos contam com a opção de "desafiar o injusto bloqueio" e que seu grupo rejeita qualquer iniciativa que vincule a reconstrução do empobrecido território com questões políticas.

Abu Zuhri também responsabilizou os países "árabes pela continuação do bloqueio. Se tivessem uma verdadeira vontade, teriam acabado com ele".

"Este bloqueio tem por objetivo castigar o povo palestino. O mundo se engana se acha que o Hamas reconhecerá algum dia Israel ou os requisitos impostos pelo Quarteto (para o Oriente Médio)", disse o porta-voz islâmico.

Israel reforçou o bloqueio à Faixa de Gaza há dois anos, depois de o Hamas tomar pela força o controle deste território, após enfrentar as forças leais ao presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas. EFE sar-db/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG