Crianças britânicas sabem pouco sobre natureza, diz estudo

Crianças britânicas são mais capazes de reconhecer a imagem de um personagem fictício - como um gremlin - do que a foto de um corvo ou de um carvalho - característicos do meio ambiente na Grã-Bretanha. Uma pesquisa feita pelo National Trust, entidade britânica que trabalha pela conservação da natureza e de construções históricas no país, revelou que as crianças de hoje passam tanto tempo trancadas em casa que o mundo natural se tornou algo estranho para elas.

BBC Brasil |

Um total de 1.651 crianças com idades entre dez e 12 anos participaram da pesquisa feita pela internet.

Uma em três não foi capaz de identificar um corvo, um dos pássaros mais comuns e distintos da Grã-Bretanha.

A metade das crianças não soube diferenciar entre uma abelha e uma vespa.

Apenas 53% das crianças foram capazes de identificar uma folha de carvalho, a árvore nacional e um símbolo poderoso da Inglaterra.

Quando se trata de reconhecer criaturas fictícias, no entanto, os resultados são bastante diferentes.

Nove entre dez crianças foram capazes de identificar o personagem Yoda da série de filmes Guerra nas Estrelas.

Segundo o estudo, 67% dos pais entrevistados acham que sabiam mais sobre a natureza quando eram crianças do que seus filhos.

E 65% sentem que o problema se deve ao fato de que passam pouco tempo na natureza com os filhos.

A pesquisa foi feita em áreas urbanas e rurais da Grã-Bretanha e é parte de uma campanha do National Trust para incentivar as famílias a passarem mais tempo na natureza.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG