Criança morre em bombardeio iraniano na fronteira com o Iraquea

Um menino iraquiano morreu na terça-feira e seus pais foram feridos em um bombardeio da artilharia iraniana contra áreas do Curdistão perto da fronteira com o Irã.

AFP |

"A artilharia iraniana bombardeou na terça-feira à noite povoados de fronteira curdos e matou um menino, além de ferir os pais dele", afirmou Azad Wassu, prefeito de Zarawa, que fica 160 km ao nordeste da cidade iraquiana de Suleimaniya.

"O bombardeio, que durou quase duas horas, começou às 19H00 locais (13H00 de Brasília) sobre os povoados de Rezka, Mara e Duwu", acrescentou.

A região abriga membros do partido curdo iraniano separatista Pejak (Partido da Via Livre do Curdistão), ligado ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, separatista).

A Turquia bombardeia com frequência posições do PKK no Curdistão iraquiano.

str-sf/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG