Criadores protestam e levam ovelhas para a Torre Eiffel

Por Sybille de La Hamaide PARIS (Reuters) - Centenas de criadores franceses levaram suas ovelhas para pastar perto da Torre Eiffel na quinta-feira, para protestar contra a ajuda que eles consideram insuficiente para reanimar o setor, que sofre com a alta dos custos de produção e a queda dos preços de venda.

Reuters |

Os criadores de ovelhas consideram insuficiente o pacote de 150 milhões de euros (312 milhões de dólares) anunciado na quarta-feira para aumentar a renda dos fazendeiros. Deste valor, 50 milhões de euros iriam para os criadores de ovelhas.

"É um primeiro passo, mas não atende as nossas necessidades", disse à Reuters Serge Preveraud, presidente do sindicato de criadores de ovelhas.

Entre 700 e 800 criadores compareceram ao protesto, trazendo com eles mais de 100 ovelhas.

Assim como outros fazendeiros, os criadores de ovelhas afirmam estar sendo prejudicados pelo aumento do preço dos fertilizantes, dos alimentos e do combustível, além de sofrerem pressões dos varejistas para venderem a preços baixos.

Nicolas Fanjat, fazendeiro de 27 anos que vestia um manto preto de pastor, disse que os criadores estão em uma situação crítica.

"Estamos passando por um período difícil. Os rendimentos não vêm mais e os custos, como o combustível, subiram", disse ele, acrescentando que vendeu seu carneiro por 5 euros por quilo, embora este tenha lhe custado 8 euros. Depois, o mesmo carneiro foi vendido por 15 euros em um supermercado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG