Criador de porcos das Filipinas contrai vírus ebola-reston

Manila, 23 jan (EFE).- Um criador de porcos das Filipinas contraiu o vírus ebola-reston, que atingia exclusivamente símios e que no ano passado contaminou alguns porcos, anunciou hoje o ministro da Saúde filipino, Francisco Duque.

EFE |

O ministro informou em entrevista coletiva em Manila que o homem contaminado "está bem e que não tem sintomas de nenhuma doença", salvo o fato de que leva anticorpos do vírus.

Duque, que não revelou nem a identidade nem a idade do homem, disse que se trata de um tipo de ebola diferente das cepas conhecidas na África.

Uma missão formada por especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS), da Organização Mundial de Saúde Animal e da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) visitou as Filipinas este mês para averiguar como a variação reston tinha passado de macacos para porcos. EFE zm/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG