O empresário e produtor teatral britânico Andrew Lloyd Webber está oferecendo ingressos gratuitos de alguns de seus musicais a funcionários de empresas do setor financeiros na Grã-Bretanha que perderam seus empregos por causa da atual crise financeira. Webber é autor de diversos musicais que fizeram sucesso tanto nos teatros da Broadway, em Nova York, como no famoso West End, em Londres.

Entre seus principais trabalhos estão os musicais Cats, Evita e O Fantasma da Ópera.

Para oferecer "momentos de descanso" aos funcionários que perderam seus empregos, ele liberou ingressos para duas de suas peças em cartaz em Londres -A Noviça Rebelde e Joseph and the Amazing Technicolor Dreamcoat.

Segundo Webber, esses shows têm um "bom astral" e podem animar aqueles afetados pela crise financeira, "ainda que apenas por algumas horas."
'Descanso'
Para ganhar seus ingressos, os desempregados deverão apresentar a baixa na carteira de trabalho - um documento chamado de P45 na Grã-Bretanha - emitida depois do dia 1º de setembro.

De acordo com um comunicado emitido pela empresa Really Useful Company, de propriedade de Webber, os ex-funcionários dos bancos, corretoras e outras emprsas do setor financeiro poderão assistir aos dois musicais nas sessões de segunda até quinta-feira.

"Os ingressos gratuitos poderão oferecer algum descanso para as pessoas que infelizmente perderam seus empregos", disse Webber.

Estimativas indicam que, em Londres, cerca de 5 mil pessoas perderam seus empregos em com a quebra do banco de investimentos Lehman Brothers nessa semana.

Dados do governo britânico divulgados nesta quinta-feira indicam que o desemprego atingiu o maior nível no país desde 1999.

O número de desempregados subiu em 81 mil entre maio e julho, para 1,72 milhão - um aumento de 5,3 para 5,5%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.