O litoral da Flórida ainda se mantém a salvo de um incessante derramamento de petróleo no Golfo do México, em meio ao temor de que a contaminação alcance as ilhas do sul da península e os importantes recifes de corais." /

O litoral da Flórida ainda se mantém a salvo de um incessante derramamento de petróleo no Golfo do México, em meio ao temor de que a contaminação alcance as ilhas do sul da península e os importantes recifes de corais." /

Cresce temor de que mancha de petróleo contamine corais e ilhas da Flórida

O litoral da Flórida ainda se mantém a salvo de um incessante derramamento de petróleo no Golfo do México, em meio ao temor de que a contaminação alcance as ilhas do sul da península e os importantes recifes de corais.

AFP |

O litoral da Flórida ainda se mantém a salvo de um incessante derramamento de petróleo no Golfo do México, em meio ao temor de que a contaminação alcance as ilhas do sul da península e os importantes recifes de corais.

"Seria trágico se a mancha de óleo chegasse, ainda que de maneira indireta, aos corais", disse à AFP Diego Lirman, especialista em corais da Universidade de Miami (UM).

O pesquisador, da Escola Rosentiel de Ciências Marinhas e Atmosféricas da UM, afirmou que há um alto risco de mortandade pela exposição dos delicados organismos "às substâncias químicas do petróleo e aos dispersantes utilizados para conter a expansão do derramamento".

Lirman lembrou que a Corrente do Atlântico, que chega desde o Golfo do México, passa pelo sul da Península da Flórida e sobe pela coste leste do estado até o norte, gerando uma forte conectividade entre essa região e a zona de recifes no arquipélago.

"Há precedentes de outros fenômenos, similares a uma maré vermelha com microalgas tóxicas, que ocorreram no Golfo na zona do rio Mississipi e que chegaram a causar impacto nas ilhas, trazidos pelas mesmas correntes que podem transportar agora o petróleo", mencionou.

A extensa linha de ilhas que desce na costa atlântica da Flórida e culmina no mítico Key West, em águas do Golfo do México, representa um dos grandes atrativos turísticos e naturais dos Estados Unidos, agora assolado por um possível avanço da maré negra.

A barreira de coral que se estende na costa do extremo sul da Flórida, em frente às ilhas e mais além do Key West, no santuário natural marinho Dry Tortugas, é a maior dos Estados Unidos e uma das maiores do mundo.

jco/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG