Cresce apoio público a Sarkozy, mostra pesquisa

PARIS (Reuters) - O apoio público ao presidente francês Nicolas Sarkozy aumentou em um ponto percentual em agosto, mas seus detratores ainda superam seus admiradores, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira. Quarenta e seis por cento dos franceses que participaram da pesquisa se declararam amplamente favoráveis a Sarkozy em agosto, comparados a 45 por cento em julho, demonstrou a pesquisa encomendada pela revista Le Point.

Reuters |

Metade dos entrevistados disse que via Sarkozy de forma bastante ou muito desfavorável, comparados a 52 por cento em julho.

No final de julho, uma outra pesquisa, conduzida pouco depois de Sarkozy sofrer um breve desmaio enquanto corria em um dia de calor intenso, mostrou que seus índices de apoio melhoraram após o acidente.

O presidente não teve muito descanso em agosto, mês das negociações entre França e Teerã sobre o destino da professora-assistente francesa acusada de espionagem por uma corte iraniana.

O apoio ao primeiro-ministro François Fillon caiu de 48 para 47 por cento, enquanto seus críticos permaneceram estáveis com 45 por cento de aprovação.

O político mais popular da França é Rama Yade, a fotogênica secretária dos esportes, mostrou a pesquisa.

Ela é seguida por Bertrand Delanoe, o prefeito de Paris que agrada com inovações como o aluguel de bicicletas conhecido como "Velib". Na última pesquisa Delanoe apareceu em primeiro e Yade em segundo lugar.

A pesquisa por telefone entrevistou 934 adultos entre 21 e 22 de agosto.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG