O crédito ao consumidor nos Estados Unidos se recuperou em março, ao contrário do previsto, com uma alta de 1,0% em anual em relação ao mês anterior, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo Federal Reserve (Fed).

O crédito ao consumidor nos Estados Unidos se recuperou em março, ao contrário do previsto, com uma alta de 1,0% em anual em relação ao mês anterior, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo Federal Reserve (Fed).

O total de créditos ao consumidor aumentou em 2 bilhões de dólares em relação a fevereiro, alcançando 2,45 trilhões de dólares, segundo dados revisados por variações sazonais do Fed.

Os analistas estimavam que o crédito ao consumidor continuaria se contraindo em março, e que no total cairia 3,9 bilhões de dólares.

Os créditos ao consumidor, que financiam cerca de um quarto dos gastos de consumo das famílias americanas, tinham se recuperado em janeiro, depois de uma inédita queda de 11 meses consecutivos, para tornar a cair em fevereiro.

mj/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.