Costa Rica tem 21 casos suspeitos de gripe suína

San José, 27 abr (EFE).- As autoridades de Saúde da Costa Rica informaram hoje que atenderam a um total de 21 casos suspeitos de gripe suína no país, dos quais 16 foram descartados e cinco ainda estão sendo estudados.

EFE |

Dos casos apresentados, 20 são de costarriquenhos que estiveram recentemente no México, e um de um turista mexicano que se hospedava em San José.

A ministra da Saúde, María Luisa Ávila, informou em entrevista coletiva que foram reforçadas as medidas de prevenção e que se trabalha de forma coordenada com os centros médicos de todo o país e os principais pontos de acesso para atender à situação de saúde pública declarada em nível mundial.

Os diferentes hospitais e clínicas já foram informados sobre os protocolos de atendimento e serão emitidos relatórios diários ao longo de todo o país. Além disso, as autoridades se reúnem hoje com diretores dos hospitais privados para que se incorporem ao trabalho preventivo, disse.

Ávila acrescentou que o país já conta com 35 mil doses de remédios antivirais, mas que estes não serão de venda livre, pois o objetivo é garantir que estejam à disposição dos pacientes caso seja necessário.

As autoridades reiteraram que, por enquanto, não há proibição para receber turistas do México nem para que os costarriquenhos viajem para o país, mas recomendaram que a população evite isso.

A ministra ressaltou que se mantém em constante contato com as autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do resto da América Central para atualizar informação e coordenar ações. EFE nda/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG