San José, 5 mai (EFE).- A ministra da Saúde da Costa Rica, María Luisa Ávila, informou hoje que os casos confirmados de gripe suína no país subiram para oito, e que 369 ocorrências suspeitas foram confirmadas.

Em entrevista coletiva, Ávila explicou que os oito casos foram confirmados com análise locais, mas as amostras foram enviadas ao Instituto dos Centros para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês) dos Estados Unidos para corroborar o diagnóstico.

Desse total, até o momento os CDC confirmaram um caso com o vírus AH1N1. Os resultados dos demais ainda não foram entregues às autoridades costarriquenhas.

Dos casos confirmados com análises locais, dois pacientes foram hospitalizados e se encontram estáveis, enquanto cinco estão isolados em suas casas e um já recebeu alta.

Até o momento, as autoridades costarriquenhas não reportam casos da doença originados no país, nem que tenham se apresentado em uma mesma comunidade.

Os laboratórios costarriquenhos descartaram também 369 amostras suspeitas, e outras 56 ainda estão em estudo. EFE dmm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.