Costa Rica reporta 10º caso da gripe

San José, 11 mai (EFE).- A ministra da Saúde da Costa Rica, María Luisa Ávila, confirmou hoje o décimo caso da gripe suína comprovado em laboratórios locais, em uma menina de 13 anos que teve contato com jovens de um coral de Boston, Estados Unidos.

EFE |

A adolescente se encontra em boas condições de saúde, segundo a ministra, que explicou que o coral esteve na Costa Rica de 17 a 28 de abril, que três integrantes foram infectados pela doença, segundo os resultados positivos nos exames realizados em Boston, mas tiveram sintomas leves.

Ainda não ficou claro se os três americanos trouxeram o vírus à Costa Rica ou se contraíram no país, e, por isso, as autoridades de Saúde fazem uma investigação nos locais que visitaram.

Até o momento, foram contabilizados na Costa Rica 811 casos suspeitos da gripe, dos quais foram descartados 707, outros 94 estão à espera de resultados e dez foram confirmados por laboratório local.

A Costa Rica já registrou uma morte pela doença, a de um homem de 53 anos que faleceu no sábado devido a complicações geradas por uma doença crônica de pulmão e diabetes.

As autoridades ainda não determinaram como a vítima contraiu a doença, já que ele não viajou ao México, onde começou o surto do vírus AH1N1 e que, junto aos Estados Unidos, apresenta os maiores focos da gripe.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE dmm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG