Costa Rica registra 2ª morte por gripe

San José, 29 jun (EFE).- As autoridades de Saúde da Costa Rica confirmaram hoje a segunda morte causada por gripe suína no país.

EFE |

A ministra da Saúde, María Luisa Ávila, disse à imprensa local que a nova vítima é uma mulher de 33 anos que, além disso, sofria de uma afecção pulmonar, hipertensão e obesidade.

A mulher morreu no hospital San Juan de Dios, no centro de San José, onde foi internada neste fim de semana com um quadro crítico de pneumonia, detalhou a ministra.

As autoridades não informaram a identidade da mulher, que é a segunda vítima mortal pela gripe na Costa Rica, depois que a morte de um homem de 53 anos tinha sido registrada, que também tinha outras doenças graves e que morreu em maio, no início do surto.

Até o momento, 200 casos de gripe foram registrados no país e os testes de casos suspeitos continuam chegando aos laboratórios.

No total, desde o início de maio, mais de 3 mil pessoas fizeram testes de suspeita da doença, das quais 2.500 foram descartadas e aproximadamente 100 estão à espera dos resultados de laboratório.

No entanto, somente seis pessoas foram hospitalizadas por complicações provocadas pelo vírus, incluindo as duas que morreram.

Por enquanto, as autoridades sanitárias da Costa Rica não decretaram nenhuma medida drástica para conter o contágio, além de um chamado para reforçar as medidas de higiene. EFE nda/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG