San José, 18 mar (EFE).- Costa Rica e El Salvador anunciaram hoje o restabelecimento das relações diplomáticas com Cuba, após um longo período de rompimento.

Os costarriquenhos não estabeleciam relações oficiais com os cubanos desde 1961, enquanto os salvadorenhos as suspenderam em 1959.

"Chegou a hora de estabelecer um diálogo direto e aberto de relações oficiais e normais, que nos permitam abordar nossas diferenças frente a frente, com respeito", afirmou o presidente da Costa Rica, Óscar Arias, um crítico do Governo de Fidel Castro.

Arias também fez um pedido para que os Estados Unidos revisem sua posição quanto a Cuba.

"A Guerra Fria já acabou e acho que, cedo ou tarde, o presidente Barack Obama terá que dialogar com o regime cubano", disse.

Já o presidente eleito de El Salvador, Mauricio Funes, anunciou hoje que, em seu futuro Governo, restabelecerá as relações diplomáticas com Cuba.

"Seríamos, até o momento, o único país da América Latina que não mantém relações diplomáticas com Cuba", disse Funes, pouco depois de tomar conhecimento da decisão da Costa Rica. EFE dmm/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.